News

  • 23°

    Florianópolis
  • 24°

    Lages

     Fique tranquilo se respondeu que não à pergunta do título. Muitos catarinenses ainda não se deram conta de que podem – e devem – recorrer a esta autarquia quando tiverem problemas de qualidade, fornecimento ou cálculo de tarifa nos serviços públicos de água, saneamento, distribuição de gás natural e coleta e tratamento de resíduos sólidos. A Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina, significado da sigla Aresc, foi criada por lei ordinária em agosto de 2015, depois da extinção de duas outras agências reguladoras, a Agesan e a Agesc.
     O presidente da Agência, Reno Caramori, recebeu a reportagem da Coluna Pelo Estado em seu gabinete para esta entrevista exclusiva, que acabou se tornando um bate-papo de mais de duas horas. Pouco, diante da dimensão e da importância do papel que a Agência desempenha nos municípios catarinenses. Serviço que, aliás, deve ser ampliado a partir de 2018, com a provável entrada para regulação de outros dois setores: energia elétrica e transporte de passageiros.

(Abertura da Pelo Estado Entrevista da edição de 11/12/2017 da Coluna Pelo Estado, distribuída para 21 diários integrados do interior de Santa Catarina e para os portais reunidos em SCPORTAIS.com.br. Você pode ler a íntegra da coluna no site  CENTRALDEDIARIOS.com.br/cnr)